domingo, 4 de maio de 2008

Percepção

A percepção é um processo cognitivo que nos ajuda a perceber o que acontece quando percebemos alguma coisa (vemos, tocamos, ouvimos) e que nos faz levantar a questão “Percebemos directamente com os nossos sentidos ou percebemos as representações dos mesmos?”. É a esta pergunta que vou tentar responder!
Através da percepção o ser humano contacta com o mundo, ou seja, é graças à percepção que desde pequenos nos é possível saber as cores, as formas, as texturas, os aromas, saber distinguir o frio do calor.
Percebi que a percepção é baseada na interpretação que as pessoas fazem da realidade e não na realidade em si, por este motivo a percepção do mundo é diferente para cada um de nós. A percepção não se limita ao registo de uma informação sensorial, é muito mais que isso, pois implica a atribuição de sentido, sentido esse que vai de encontro com a experiência de cada um.
À medida que vamos adquirindo novas informações, a nossa percepção altera-se e é no cérebro que tudo se processo, pois a informação que chega dos órgãos sensoriais é por ele tratada. Podemos por isso afirmar que a percepção é um processo cognitivo complexo em que para além de estarem presentes na sua construção as estruturas fisiológicas, como é o caso dos órgãos sensoriais e também das estruturas nervosas, a estas estruturas estão aliadas as nossas experiências pessoais, que dão sentido e significado ao que percepcionamos.
Para terminar, apenas acrescento que “…cada pessoa aprende o mundo que o rodeia de uma forma única e especial – de facto, isto permite-nos dar um contributo próprio e especial ao mundo”. O que seria do mundo se os nossos olhos estivessem fechados?

Bibliografia

· MONTEIRO, Manuela Matos & FERREIRA, Pedro Tavares, 2007. Ser Humano – 2ª parte Psicologia B 12º ano. Porto Editora, Porto.

1 comentário:

Filipa Correia disse...

É através da percepção que o ser humano conhece o mundo à sua volta de forma total e complexa.
"Cada pessoa apreende o mundo que o rodeia de uma forma única e especial", o que referes, liga-se totalmente à história pessoal, pois cada um de nós percepciona o Mundo de diversas maneiras, é graças à interiorização de acontecimentos e à significação que eles obtém que podemos percepcionar o Mundo de modos diferentes.
Bem, quanto à tua questão... seria difícil percepcionar o Mundo de olhos fechados, cores, objectos, pessoas, lugares não seriam observados o que se tornaria um obstáculo na percepção e atribuição de um sentido ao Mundo. Porém, pessoas com cegueira, cujos olhos estão "fechados ao Mundo", tem de construir uma percepção das coisas ao seu "jeito", isto é, a percepção seria de forma diferente de uma pessoa que possui os "olhos abertos" ao Mundo. Mas, sem esta percepção visual, possuem ainda todas as outras percepções que são um guia, um alicerce na construção de um sentido para a vida de pessoas com cegueira.