domingo, 11 de maio de 2008

O que é uma fobia?

Todas as pessoas conhecem alguém que tenha uma fobia, ou pelo menos, já leram ou ouviram em algum lugar. O medo é uma emoção que é muito normal no ser humano, é espontânea, de curta duração, modifica a nossa expressão corporal; é portanto uma emoção como tantas outras que possui o ser humano. Mas quando associada a fobias o medo toma proporções enormes, tornando-se descontrolado. As pessoas quando têm uma fobia e se deparam com o objecto em questão, começam a sentir um medo excessivo, ansiedade, angústia, e só desaparece quando esse objecto se afasta. Este medo parece ligado a aquilo que lhe causa a fobia, sentindo sempre medo quando aparece esse objecto.
Há vários tipos de fobias: fobias simples (ter medo excessivo de aranhas, cobras, cães, etc.); a fobia social (medo de falar perante uma grande plateia) e a agorafobia (ter medo e evitar locais de grandes dimensões). A mais perigosa para o ser humano é sem dúvida a agorafobia, pois começasse a evitar locais de grandes dimensões como hipermercados, progressivamente locais como transportes públicos, e por fim a pessoa não consegue sair mais de casa. As pessoas com fobias devem ir ao psicólogo para não agravar a sua situação, pois podem ser tratadas.
Estudos confirmam que a maior parte das fobias adquiridas foram por aprendizagem, isto é, as crianças observam, imitam e integram as acções dos adultos, dos seus modelos. Se os seus modelos tiverem algum tipo de fobia e a exprimirem com frequência, a criança tenderá para adquirir também uma fobia. Verificou-se que em famílias em que os modelos possuíam algum tipo de fobia, desenvolveram-se nas gerações seguintes fobias. Mas em famílias em que os modelos eram saudáveis, a aquisição de fobias era mais difícil. Por isso, constatou-se que há uma maior importância na hereditariedade por aprendizagem e não pela genética. A história pessoal tem uma grande importância quando se fala em fobias. Cada ser humano tem uma história pessoal única. Modelos de aprendizagem, episódios marcantes, representações sóciais, tudo isto é diferente em todas as pessoas, cada um tem um mundo criado por isso dentro da sua mente.
Existe muitas fobias, a tema de curiosidade descobri algumas fobias muito peculiares, como as que vou citar algumas: a fobia de tomar banho, de olhar para cima, a crianças, de palhaços, da cultura inglesa, de opiniões, de pessoas. Estão aqui algumas das muitas fobias que existem…será que conheces mais algumas? Ou conheces alguém com uma fobia?


Bibliografia:
· http://cimcs.com.pt/fobia.html;
· http://www.serafimcarvalho.net/sm03.asp?idp=4;
· http://www.medicoassistente.com/modules/smartsection/item.php?itemid=177;
· MONTEIRO, Manuela Matos e FEREIRRA, Pedro Tavares, Ser Humano, 2ªParte - Psicologia B 12ºAno, Porto Editora.

1 comentário:

psicob disse...

Sofia

Atenção aos "erros". Será que queria dizer começa-se? (e não começasse). Hereditariedade por aprendizagem??? Não lhe parece uma contradição? A hereditariedade não é aprendida. A aprendizagem não é biologicamente herdada. Tem que rever estes conceitos. Faz afirmações pouco fundamentadas. Porque é que a agorafobia é a mais perigosa para o ser humano???